Make your own free website on Tripod.com

HadesDeus.gif (3882 bytes)

        Hades, na mitologia grega, era o deus dos mortos. Governava o reino dos mortos, que tinha o mesmo nome. Os antigos romanos coservaram sem alterações quase todos os mitos sobre Hades e seu reino, mas davam ao deus o nome de Plutão.
        Hades era filho de Cronos e Réia e irmão mais velho de Zeus, rei dos deuses. Apesar de Hades ser muitoHades importante para os gregos, estes não lhe devotavam nenhum culto. Poucos mitos tratam especialmente de Hades.
        O reino de Hades era uma região neutra, reservada às almas das pessoas que não mereciam nem castigo nem recompensa após a morte. Os gregos acreditavam que o Hades era um lugar enfadonho e insípido, mas não necessariamente penoso. As almas dos que tinham levado vidas virtuosas vagavam alegremente pelo Campos Elísios. As almas dos que tinham pecado muito iam para o Tártaro, um lugar muito abaixo da terra, onde sofriam o tormento eterno.
        Acreditavam que Hades ficasse sob a terra. Tinha cinco rios: o Aqueronte, o Cocito, o Letes, o Flegetonte e o Estige. Cada um deles servia de fronteira entre a terra dos vivos e a dos mortos.
        O Estige era o rio mais conhecido do Hades. Para atravessá-lo, cada alma deveria ser transportada por Caronte, um barqueiro. Ele exigia pagamento por seus serviços e por isso os gregos colocavam moedas nas bocas de seus mortos antes de enterrá-los. A casa de Hades ficava nas margens do Estige.   Cérbero, um cão monstruoso com três cabeças guardava a casa. Depois de atravessar o rio, cada alma era designada para o seu devido lar eterno por um dos três juízes: Éaco, Minos ou Radamanto.
        Os que fossem culpados de crimes sérios eram atormentados por três deusas chamadas Fúrias ou Erínias.

 

 

 

| Home | Lendas | Deuses | Arte | Música | Lingua | Teatro | Religião | Guestbook | Sugestões |

 

botvolt.gif (7095 bytes)